Planejamento tributário: Terceirizo ou faço na minha empresa?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Solutta Planejamento tributário Terceirizo ou faço na minha empresa

Em um mercado competitivo como o atual, a necessidade de corte de custos nas empresas é cada vez maior. É nesse cenário que o planejamento tributário – antes visto como algo complexo e de difícil acesso – tem despertado cada vez mais a atenção dos donos de negócios. Juntamente com a adoção de uma série de estratégias, será por meio dele que a empresa conseguirá reduzir sua carga tributária e encontrar alternativas mais econômicas para ficar em dia com a Receita Federal.

Obviamente, essa não é uma tarefa para qualquer um: para realizar um planejamento eficiente, é necessário recorrer a contadores e especialistas que entendam do assunto. Mas como encontrar esse tipo de profissional? É melhor contratá-los ou esse tipo de serviço pode ser terceirizado? É o que vamos avaliar neste artigo. Confira!

O que é planejamento tributário?

O planejamento tributário consiste em um conjunto de medidas, práticas e alternativas adotadas por uma empresa para tornar seus gastos com impostos menos pesados. De forma geral, os objetivos do planejamento tributário são:

  • Evitar a o pagamento de tributos desnecessários ao adotar procedimentos que impeçam a ocorrência do fator gerador;
  • Reduzir os valores totais a serem recolhidos;
  • Retardar o pagamento de tributos por meio de ações que adiem a dívida sem ocorrência de multas.

Ou seja, após estudar a situação econômica e financeira da empresa, bem como todas as atividades por ela desempenhadas, o gestor define uma série de estratégias para economizar no pagamento de tributos.

O Brasil é um dos países com maior complexidade tributária no mundo – logo, a adoção desse tipo de medida acaba sendo essencial para a continuidade de qualquer negócio. Por meio de um planejamento tributário bem executado é possível racionalizar o pagamento de impostos, melhorar a aplicação dos recursos disponíveis e gerar mais eficiência para a empresa.

planejamento tributário

Terceirizar ou fazer o planejamento tributário internamente?

O grande número de normas e exigências fiscais tornou a contabilidade tributária uma atividade cara e complexa. Por isso, muitas vezes, fica impossível manter uma estrutura à altura dessas necessidades.

Por isso, uma possibilidade para cuidar do planejamento tributário de um negócio é utilizar os serviços de empresas de consultoria. Para negócios menores, que ainda não possuem uma grande estrutura organizacional, tal alternativa pode ser bastante interessante.

Ao terceirizar, a empresa delega toda a sua gestão tributária para uma equipe de profissionais externos. Isso traz uma série de vantagens, como:

  • Custo trabalhista menor;
  • Conhecimentos mais atualizados;
  • Serviços contábeis altamente especializados e focados em produtividade;
  • Profissionais mais qualificados.

Ou seja, se a empresa não possuir tamanho suficiente para ter uma equipe própria de contabilidade, certamente a terceirização é a melhor saída. Por ser especializada, uma consultoria terceirizada entregará um serviço melhor do que um contador interno, proporcionando uma economia maior no pagamento de impostos.

Cuidados ao realizar a terceirização

Se a opção for contratar profissionais externos, a empresa precisa delimitar bem o envolvimento que os consultores terão com os processos internos da empresa. Também é recomendável dedicar um profissional interno para fazer acompanhar os trabalhos da consultoria e observar como ela está contribuindo para a melhoria dos negócios.

A terceirização pode ser a saída para seu planejamento tributário, reduzindo os custos com impostos e gerenciando os processos da sua empresa. Se você tem um pequeno ou médio negócio, considere desde já essa opção.

Para saber mais sobre o assunto, não perca tempo: assine já a nossa newsletter e leia mais conteúdo!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×