Obrigações Fiscais: Equipe interna x Contabilidade

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Solutta Obrigações Fiscais Equipe interna x Contabilidade

As empresas de todos os portes e segmentos contam com inúmeras obrigações fiscais que devem ser cumpridas para que o negócio siga dentro das leis brasileiras. Para atender a essa demanda, muitas companhias contratam uma equipe interna de profissionais para tratar de todas as atividades relacionadas as obrigações fiscais. No entanto, é comum que além do trabalho interno, as empresas utilizem o suporte especializado de escritórios de contabilidade.

Trabalhar com duas equipes, uma interna e outra externa, não é algo negativo, desde que haja sinergia entre os profissionais para, assim, garantir que a empresa cumpra todas as exigências referentes a contabilidade fiscal. Mas é comum haver algumas divergências entre a equipe interna e a contabilidade, principalmente quando se trata das obrigações fiscais.

A seguir, vamos explicar quais são as exigências fiscais mais comuns nas empresas e como é possível unir o trabalho da equipe interna e da contabilidade a favor do desenvolvimento do negócio. Confira!

Saiba qual a função dos profissionais que cuidam da contabilidade fiscal das empresas

Como mencionado no início do artigo, para as companhias se manterem legais, elas precisam estar em dia com as obrigações fiscais estipuladas pela lei brasileira. Para isso, é imprescindível que o departamento contábil, seja ele interno ou externo, controle os tributos da empresa, seus quesitos e ocorrências diretas e indiretas, gerencie os dados da companhia, bem como as regulamentações dos órgãos fazendários a respeito de impostos.

Outra incumbência que pode ser compartilhada entre a equipe interna e a contabilidade é a elaboração do balanço, contemplando o faturamento e a carga tributária que virá decorrente dessa receita.

Para que essas demandas sejam realizadas de maneira assertiva, os profissionais da área contábil e fiscal devem seguir as leis do país e se manterem sempre atualizados para acompanhar possíveis mudanças advindas do governo. Por isso, uma integração positiva entre a equipe interna e a contabilidade é essencial para o sucesso do negócio.

Conheça algumas das obrigações fiscais que as corporações devem seguir

Imposto de Renda Pessoa Jurídica

Assim como toda pessoa física deve apresentar o seu Imposto de Renda, as empresas também têm que repassar para a Receita Federal os ganhos que tiveram durante o ano. O Imposto de Renda Pessoa Jurídica é cobrado sobre o produto do capital produzido pela companhia. Há quatro tipos de regimes existentes para essa obrigação fiscal e a equipe interna juntamente com a contabilidade poderão apontar qual o mais vantajoso para o seu negócio. São eles:

  • Simples;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Arbitrado.

Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social

A Cofins é uma contribuição que incide sobre a receita bruta das companhias, a fim de garantir e financiar a seguridade social, instituída pela Lei Complementar 70 de 30/12/1991. A alíquota é de 3% sobre o faturamento bruto mensal para pessoas jurídicas que adotam a tributação do Lucro Presumido. Já as corporações enquadradas no Simples Nacional têm a Cofins acumulada a outros tributos.

Imposto sobre Produtos Industrializados

O IPI é um imposto bastante conhecido pela população, pois as empresas costumam anunciar a sua redução em promoções de eletrodomésticos e carros, por exemplo. A base de cálculo do IP depende da transação e a alíquota varia de acordo com o produto comercializado pela empresa.

Programa de Integração Social

As companhias também têm obrigações fiscais referentes aos seus colaboradores. O PIS é uma delas e tem como objetivo financiar o pagamento de seguro desemprego e abono aos trabalhadores que ganham até dois salários mínimos. A alíquota do PIS varia de acordo com o regime adotado pela companhia.

Para que essas e outras obrigações fiscais sejam realizadas em conformidade com a lei e respeitando as datas de recolhimento, é importante que a equipe interna e a contabilidade trabalhem em conjunto para que a companhia consiga prosperar em conformidade com as leis.

Para continuar por dentro das novidades da área fiscal e contábil, não deixe de acompanhar as próximas postagens do nosso blog!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×