Apuração de impostos: 4 maneiras para reduzir as falhas

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Solutta Apuração de impostos 4 maneiras para reduzir as falhas

Todas as empresas, independentemente do porte ou segmento, precisam seguir normas fiscais e tributárias para que o seu negócio permaneça em conformidade com as leis brasileiras. Porém, há companhias que sofrem com as falhas na apuração de impostos, que chegam a comprometer o desenvolvimento da empresa.

Esses erros levam as companhias a terem gastos maiores do que deveriam e, em alguns casos, a empresa pode ser enquadrada em ações de sonegação de impostos, caso as contas do negócio não estejam em dia, seguindo as normas municipais, estaduais e federais vigentes para sua área de atuação.

Se você está passando por problemas no processo de apuração de impostos em sua empresa, veja no artigo a seguir quatro maneiras para reduzir as falhas e manter o seu negócio competitivo.

1ª – Trace um planejamento

O primeiro passo para evitar falhas na apuração de impostos é ter um estudo detalhado do seu negócio. Para isso, o empresário deve traçar um planejamento anual da sua empresa, mantendo os dados referentes aos balanços, despesas, receitas e demais informações relacionadas a contabilidade sempre organizadas e atualizadas mês a mês. No planejamento, é interessante também incluir as expectativas de crescimento da empresa de acordo com o cenário atual do seu empreendimento.

Com o planejamento pronto, o empresário tem em mãos um perfil da sua empresa com informações importantes que o ajudará a evitar as falhas na apuração de impostos, pois o porte, o faturamento e o ramo de atuação, definidos no planejamento, auxiliam ativamente na tomada de decisão sobre o sistema de tributação ideal para o seu negócio.

2ª – Exclua as “manobras” da sua apuração de impostos

O Brasil é um dos países que mais cobram impostos em todo o mundo. De acordo com o estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o brasileiro trabalhou neste ano cerca de 153 dias, ou cinco meses e um dia, somente para pagar tributos. Apesar desse volume, sonegar impostos é uma prática ilegal e que pode trazer sérias consequências para a sua empresa. Por isso, é preciso se planejar bem para que o seu negócio consiga prosperar e ao mesmo tempo cumprir com suas obrigações fiscais e tributárias.

apuração de impostos

3ª – Conte com a parceria de profissionais especialistas

A rotina dos empresários é muito agitada, repleta de compromissos e tarefas. Mesmo com essa correria, muitos empreendedores acabam optando por fazer por conta própria a contabilidade da empresa. Por mais que a pessoa possua conhecimento na área contábil, é interessante ter a parceria de empresas especializadas no assunto para evitar falhas na apuração de impostos.

Com o apoio especializado, o empreendedor conseguirá enquadrar o seu negócio no regime tributário correto e diminuir os problemas de apuração do balanço financeiro da empresa. Além disso, a parceria ajudará a controlar os gastos da companhia e a identificar as melhores alternativas para redução de impostos de acordo com as leis do país.

4ª – Separe as finanças pessoais e empresariais

Um dos principais desafios dos empreendedores é saber separar as finanças pessoais das empresariais. A junção dessas duas áreas causa uma enorme desorganização, podendo levar a falhas na gestão do negócio. Além disso, a não diferenciação das contas pode acarretar problemas para apuração de impostos, aumentando a tributação sobre os rendimentos. Isso ocorre, geralmente, quando o empresário eleva a sua retirada na empresa para cobrir impostos e taxas, o que diminui a sua margem de lucro.

Seguindo essas quatro maneiras apresentadas no artigo, a sua empresa conseguirá reduzir as falhas na apuração de impostos, evitando dores de cabeça no futuro. Se você tem alguma dúvida sobre o tema, deixe a sua pergunta nos comentários que retornaremos em breve! Quer ler mais sobre o assunto? Acesse nosso blog!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×