5 perguntas mais comuns sobre Lucro Real

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Lucro Real O Brasil possui três tipos de regimes tributários: Lucro Real; Lucro Presumido e Supersimples, mais conhecido como Simples Nacional. A maioria dos pequenos e microempresários opta pelo Simples Nacional devido à simplificação do regime de apuração. Porém, nada impede que o gestor escolha, por exemplo, o Lucro Real, caso ache mais vantajoso. Se você ainda tem dúvidas sobre este tipo de regime, aproveite para ler o post e conferir ao menos cinco perguntas mais comuns sobre ele!

1. Como funciona o Lucro Real?

Neste regime, a tributação é calculada sobre o lucro líquido relativo ao período de apuração. Nesse cálculo, devem ser considerados valores a descontar ou a adicionar de acordo com as compensações definidas em lei. Para determinar o valor exato da tributação, a empresa deve conhecer precisamente o valor do lucro auferido para efetuar a base de cálculo do Imposto de Renda (IRPJ) e da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido. Assim, os encargos aumentam ou se reduzem conforme a apuração. Caso sejam contabilizados prejuízos, a empresa fica dispensada de pagar os tributos.

2. Quais empresas estão obrigadas a adotar o Lucro Real?

Em alguns casos, a empresa está obrigada a dotar o Lucro Real como regime tributário:

  •        Se desenvolver receita total no ano-calendário anterior superior a R$ 48 milhões ou no valor de R$ 4 milhões multiplicados pela quantidade de meses do período (caso este seja inferior a 1 ano);
  •         Se desenvolver atividades bancárias (investimentos, câmbio, títulos, créditos mobiliários e imobiliários a assim por diante), incluindo empresas de arrendamento mercantil, cooperativas de crédito e empresas de seguro;
  •           Se apresentar lucros, rendimentos ou outra forma de ganhos provindos do exterior;
  •    Se usufruir de benefícios fiscais (isenção ou redução de impostos), autorizada pela legislação;
  •      Se, durante o ano-calendário, efetuar pagamento mensal de imposto baseado em estimativa;
  •        Se explorar atividades de prestação cumulativa e contínua de determinados serviços (assessoria creditícia, mercadológica, gestão de crédito, seleção e riscos, administração de contas a receber/pagar, compra de direitos creditórios que resultam de vendas mercantis a prazo) ou de prestação de serviços de factoring;
  •        Se efetuar atividades de compra e venda, loteamento, incorporação e construção de imóveis (enquanto não estiverem concluídas as operações que impliquem em registro de orçamento).

Lucro Real

3. Lucro Real dá direito a créditos?

O Lucro Real é um regime não cumulativo para o PIS e a COFINS. Dessa forma, ao contrário do Lucro Presumido, ele dá direito a créditos fiscais, considerando critérios como consumo de energia elétrica, total da depreciação dos ativos e outros. Os créditos podem se originar principalmente do PIS e da COFINS, do ICMS, ISS e IPI. Empresas adotantes do Lucro Real são as que mais têm oportunidades para usufruir de benefícios fiscais.

4. Quais os valores das alíquotas no Lucro Real?

O Lucro Real segue a seguinte tabela de alíquotas:

  •       IRPJ: 15% para lucro de até R$ 20 mil por mês e de 25% para lucro superior a R$ 25 mil por mês
  •        CSLL: 9% sobre qualquer lucro que for apurado;
  •        PIS: 1,65% sobre a receita;
  •        COFINS: 7,6% sobre a receita.

5. Qual a escrituração exigida para as empresas optantes de Lucro Real?

A empresa que adotar o regime Lucro Real deve manter escrituração conforme determina as leis comerciais e fiscais (Decreto-Lei nº 1.598, de 26 de dezembro de 1977). Essa escrituração envolve todas as operações da empresa, os resultados apurados em suas atividades no Brasil e os lucros, rendimentos e ganhos de capital originados do exterior. Entre esses livros estão: o Livro Diário, o Livro Razão e os Livros Fiscais (Livro de Inventário, LALUR – Livro de Apuração do Lucro Real -, Livro para Registro de Entradas e outros). Tirou suas dúvidas sobre o Lucro Real? Ainda tem alguma dúvida? Aproveite o espaço abaixo e faça a sua pergunta! E também deixe o seu comentário.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×